segunda-feira, 30 de julho de 2007

Fim da Viagem

Fim da viagem
Onde fui ver a natureza por dez dias
E me harmonizar urgentemente
Meu corpo, mente, alma pediam,
A mata, o vento, a areia, o mar...
O sol passou rápido
Enquanto a chuva de inverno molhou a terra
Entrei em contato com árvores e animais
Numa trilha até chegar às pedras
Onde as ondas quebravam nestas
Na praia vi crianças correrem com seus sonhos e sorrisos divertidos
Integrei-me um pouco nessa alegria
Ali nem de longe se vê a destruição do planeta,
Como acontece nas metrópoles...
Graças a Deus existem refúgios,
Qual este de magia...
Estava exausto onde mora minha missão,
Bem ou mal cumprida,
Mas de todo o coração
A mãe natureza me restaurou...
Hoje retorno à luta,
Que nem de longe terminou
Mas com certeza com muito mais vigor.



Ubatuba-SP/Praia da Lagoinha--PARAÍSO :)

2 comentários:

Carol disse...

Todos os dias viajamos em esperas, sonhos, esperanças, revemos pessoas/coisas que nunca percebemos que sempre estiveram lá.


voltes a escrever!!!

bjs

Aprendendo a falar de Amor disse...

brigado pelo comentário linda Sereia!!! bjs!!!