domingo, 8 de julho de 2007

Quem é você?

E eu com essa história sem fim
De sonhar, com o verdadeiro olhar,
Oras porque vocês não gostam da sinceridade?
Será que assusta tanto assim?
Depois somos todos iguais...
Eu já estou com 28 anos, me fala se me ama...
Olho para todos os lados e vejo meia dúzia,
Que poderiam ser minhas...
É verdade, ta ai mais uma vez a sinceridade;
E hoje não poderia deixar de falar sobre você
Morena com três primaveras a menos que eu
Bela e sábia mulher,
Ensina até sobre o corpo feminino,
Como é que é...
Cadê o nosso amor?
Será que está envolvido nisso tudo?
Ou seria mais um dos meus sonhos,
Com uma bela mulher?
Serei tão fora de moda assim?
Serei eu tão repugnante?
Eu pensei ter todas as respostas,
Hoje me encontro cheio de dúvidas,
Num limbo, cheio de labirintos,
Onde sento e só vejo paisagens escuras e cinzas
O sol me parece indiferente quando surge
Quem será que vai tocar primeiro no assunto?
Eu cansei de quebrar a cara e gelar o coração...
Você pode sair desse pensamento e falar sobre tesão,
Em particular comigo?
Eu participo, e sei que você não procura só isso!
Você procura, tanto quanto eu amor, união,
Parceria, amizade, cumplicidade, paixão, sexo,
Mas antes de tudo sinceridade,
Vamos viajar em Espírito,
Vamos para a praia, reequilibrar nossas energias...
Vamos ser felizes num mar de poesias.

Nenhum comentário: