quarta-feira, 28 de maio de 2008

Reflexão

Quando é que a violência irá dar trégua ao amor?
E penso que é com o próprio amor, que vencemos a violência.
Revolução pacifica, sempre...
Amar sempre...
Eterno labor...

Nenhum comentário: