terça-feira, 3 de fevereiro de 2009

Razão do saber e do ceder

Entre o lirismo e a contestação vivo eu,
Às vezes sem saber o que fazer, pra onde ir,
Mas asseguro sem ilusão.

Nenhum comentário: