terça-feira, 21 de dezembro de 2010

Desarmonia nativa terrena

Os simples humanos querem ser artistas
Os artistas querem ser intelectuais
Os intelectuais querem ser cientistas
Os cientistas se esqueceram do Pai
O Pai perdoa eternamente seus filhos
E os últimos sabem que serão os primeiros
E os primeiros do mundo são alienados,
Pensando que são alienistas
E vivem sentindo ódio do mundo,
Sentir-me inadequado ao tudo,
Mas fazer o bem, melhor...
Do que ser mero fascista,
Perdoai as crianças separatistas
Amém.

Nenhum comentário: