segunda-feira, 6 de fevereiro de 2012

Hiato de alento

Tirando-me tudo que sofri
Sobrei eu mesmo,
Com um hiato de alento
A descoberta do trabalho
O prazer de ajudar
A cada momento
Segue o prazo,
Sem saber até quando?!
Nem pensemos nisso
Ajudar é viver trabalhando.

Um comentário:

Alê disse...

Mas é possível uma vida sem dor?

Creio que nada nos torna mais aptos e mais fortes,