terça-feira, 22 de maio de 2012

Eterno

Um encontro “fortuito” Um abraço, um beijo. De saudade nunca finda... A caridade é sublime, é paciente... O amor é mais bonito A paixão vazia de sentimentos, Só de atração, vive de sexo... E as almas afins (raras na Terra) Sofrem de amar Estarem juntas Até no meio do deserto... Eterno...

Nenhum comentário: