sábado, 4 de agosto de 2012

Fora do Clube


Não caso
Não tenho cash
Não caso porque hoje não há esposas
Há fêmeas
Não tenho filhos, por que,
Não teria quem os amamentar
Só pensando no seio de silicone aumentar
Não tenho conta em banco,
Nem carro...
Nem quero...
E o que me resta é escrever
E de seis em seis meses trabalhar
E tentar perdoar
Assim como peço ao Criador que me perdoe
E jamais me abandone,
Aqui existe crença e descrença
E eu vivo de poesia e amor
E o resto é só enfeite
Pra colocar arte
E nem penso em esconder o bolor das paredes
Escrevo pensamentos nelas, mesmo...
Fui
E, é só neste reino de pó (...).